Assembleia Geral (05/06/2018)

Na última terça (05/06/2018), aconteceu uma Assembleia Geral da ABDeC/RN, para tratar os seguintes pontos de pauta: 1) Informes; 2) Mudanças no estatuto da ABDeC/RN; 3) Cine Natal 2018; 4) Tabela de referências.

Confira a ata:
Ata Assembleia 05-06

Anúncios
Publicado em ABDeC

Reunião Aberta ABDeC – 25.04.2018

 

Aconteceu ontem (25/04/2018) mais uma reunião aberta da ABDeC/RN.

Confiram a ata completa: ABDeC 25-04

Publicado em ABDeC

CARTA ABERTA DA ABDeC/RN SOBRE CINE FEST RN

Natal, 06 de abril de 2018

A Associação Brasileira de Documentaristas e Curta Metragistas do Rio Grande do Norte –
ABDeC/RN vem a público se posicionar em relação ao festival Cine Fest RN.

Após a assembleia com realizadores do audiovisual potiguar, que aconteceu dia oito de março do presente ano (08/03/2018) na Cidade de Natal, a entidade que representa o setor redigiu uma carta aos organizadores do Festival pedindo alguns esclarecimentos referentes a incentivos financeiros do evento, ações do festival que atendam às reais demandas dos profissionais do audiovisual local, composição da curadoria e júri oficial e, além disso, a solicitação de cópias em DCP (Digital Cinema Package) dos filmes selecionados.

Devido às demandas profissionais dos membros da ABDeC/RN a carta foi enviada à Produção do Cine Fest RN no dia vinte e seis de março (26/03/2018), assim, obtendo-se uma resposta dos organizadores na última terça-feira, quatro de abril (04/04/2018).

São explicitados, então, alguns trechos dos esclarecimentos colocados pelo Cine Fest RN em relação às informações solicitadas por nós.

Primeiramente em relação à presença de algum membro representante do Festival, na última assembleia aberta da ABDeC/RN:

Resposta da Equipe Cine Fest RN:“Internamente, na equipe do CINE FEST RN, definimos a
importância de estar presente na reunião do dia 08/03, mas infelizmente não foi possível.”

Entende-se que o processo de realização de um festival demanda tempo e empenho de muitos profissionais, mas diante da solicitação direcionada à representação neste momento de interação, de forma mais direta, com o setor, era imprescindível a participação na reunião para vivenciar e poder ouvir a classe a qual pretende-se dialogar. No entanto, é compreensível a ausência diante das prioridades da organização, levando-se em conta, também, o fato do intermédio que a organização do Cine Fest RN tem por meio da ABDeC/RN na intenção de manter os realizadores potiguares informados.

Quanto ao financiamento do Festival e os trâmites junto aos órgãos públicos para aprovação e captação de recursos:

Resposta da Equipe Cine Fest RN: “O Cine Fest é financiado pelo projeto Governo Cidadão, através da Secretaria de Turismo do RN com recursos do Banco Mundial. Essa tramitação obedeceu a Lei 8.666, além de outras regras que são do próprio Banco Mundial. A Organização do Cine Fest RN trabalhou por mais de um ano para captar os recursos para sua execução, e passou por todos os trâmites legais necessários, desde a apresentação do projeto, que virou proposta e depois projeto aceito pelo Governo Cidadão.”

Como os recursos citados tratam-se de recursos públicos, com exceção do Banco Mundial, tem-se em vista que são necessários trâmites específicos e de caráter ordinários às leis de incentivo fiscal vigentes no Estado do Rio Grande do Norte, como exemplo da Lei Câmara Cascudo (Lei no 7.799). O Cine Fest afirma ter recursos oriundos da Secretaria de Turismo do Estado, diante disso é solicitado que sejam postas em análise as portarias e/ou decretos publicados no Diário Oficial Do RN que indiquem a aprovação dos recursos para financiamento do festival. Além disso a ABD&C/RN ressalta, ainda, que o diálogo entre o setor audiovisual e os cargos culturais, e demais ramificações desta pasta, na administração estadual, acontece com pouca frequência e eficácia, no tocante à captação de recursos para a realização de ações em prol do crescimento e valorização do audiovisual potiguar. Desta forma, a facilidade no processo de financiamento e os poucos envolvidos na liberação do recurso causa estranheza. Devido, principalmente, à questão dos valores que o Festival traz como premiação. São vinte e oito mil reais (R$28.000,00) destinados para 10 categorias, nas quais as cifras mais altas são direcionadas para longas metragens. Uma realidade que o mercado potiguar ainda não está familiarizada e que na prática é relativamente inexistente, tendo em vista o aprimoramento técnico avaliado pelos festivais em geral. Entendendo-se que mais da metade desta premiação vai para as produções nacionais é supérfluo afirmar que a intenção do Cine Fest RN é valorizar as produções locais.

Referente ainda a este ponto, que diz respeito a valorização do setor, põe-se em discussão a exigência de um arquivo em formato DCP (Digital Cinema Package), para os filmes selecionados. O Cine Fest RN informou que este formato é “mídia obrigatória em todas as salas de cinema do Brasil e, consequentemente, dos maiores festivais nacionais e internacionais”. É importante destacar que a conjuntura no Estado para as produções de filmes é bastante limitada, e que mesmo o Festival disponibilizando um manual avançado para a exportação em DCP, as condições para suportar este arquivo também geram custos adicionais na pós-produção das obras. Inferir que esta exigência, principalmente no tocante à categoria local, seja um ato de valorização e incentivo perante o setor é não reconhecer a realidade do mesmo, uma atitude mínima que é muito mais digna do que esta exigência, a qual é baseada, acima de tudo, num mercado cinematográfico nacional de franquias de salas de exibição que não aceitam usualmente o formato de curta metragem para exibição.

É latente discorrer, ainda, sobre a glamourização deste evento. Está sendo divulgado na imprensa que no Festival estarão presentes um Estilista local que tem repercussão internacional junto da neta da Atriz Audrey Hepburn. Possivelmente essas ações trarão apenas um adorno de gala diante da intenção real do evento que é valorizar o mercado cinematográfico local, pois, à primeira vista, não é nítido o que pode-se ficar como aprendizado mercadológico para um setor que está a crescer se desenvolver, ainda num estágio primário. Em contrapartida o Cine Fest RN irá oferecer uma oficina de “Preparação de Atores Para Cinema” e um seminário com a temática: “As mudanças no Fundo Setorial do Audiovisual e os novos rumos da indústria audiovisual brasileira”.

Não obstante a isto, muitas outras questões de relevância tamanha podem ser aqui evidenciadas, todavia é necessário que sejamos objetivos. A ABDeC/RN não chancela às práticas e da posição do Cine Fest RN perante o setor local. Nossa posição sim, valoriza de fato a classe audiovisual potiguar, os profissionais envolvidos e todas as batalhas e lutas que já enfrentamos e que diariamente temos que lidar para poder pôr em prática nossos desejos, necessidades e, claro, realizar nosso trabalho com o mínimo de dignidade.

Atenciosamente,
Membros da Associação Brasileira de Documentaristas e Curtas-metragistas do Rio Grande do Norte – ABDeC/RN.

Link para visualizar a resposta completa do Cine Fest RN:
https://drive.google.com/open?id=1P3EpMH12MxXOhlp0mYw89wjkfOeGKmY0

Publicado em ABDeC

ATA – Assembleia Geral

ABDeC/RN – 08/03/18

Na última quinta-feira (08/03), profissionais do audiovisual participaram de Assembleia Geral da ABDeC/RN para discutir questões pertinentes ao segmento e planejar ações.

Houve um momento de apresentação de realizadores e a reunião seguiu com os seguintes informes:

– Setcenas: Inscrições abertas para Curso de Produção Geral com Steven Phil, presidente do conselho do Instituto de Cinema, escola de audiovisual e cinema em São Paulo. Período: 09 a 13 de abril.
Mais informações: https://cursos.setcenas.com.br/cursos/producao-geral/

– A Rede das Produtoras Colaborativas está com inscrições abertas para cursos de formação à distância em cultura digital.
Mais informações: https://colaborativas.net/acoes/inicio-do-cursode-ead-turma-2018-1/

– O Burburinho Festival de Artes acontece nos dias 23, 24 e 25 de março, no Bosque das Mangueiras.
Mais informações: https://www.burburinhofestivaldeartes.com/

– Fábio de Oliveira falou sobre o projeto Cine Oca, que acontece no sítio Gamboa do Jaguaribe, na Zona Norte da cidade. Eles pretendem retomar as sessões de filmes e levar os realizadores para um bate-papo com a comunidade. Sugerimos parcerias com a Cinemateca Potiguar e também que abram uma convocatória para inscrição de filmes.

– Trinca Audiovisual: Até o dia 15 de março, a Trinca Audiovisual estará com inscrições abertas para a primeira edição do ano que acontece em abril na cidade do Natal.
Mais informações: http://bit.ly/regulamentonatal2018

– Estão abertas as inscrições para os Laboratórios de Criação do Porto Iracema. Para a modalidade Cinema, serão selecionados 06 (seis) projetos de desenvolvimento de roteiro, sendo (04) quatro do Ceará e 02 (dois) oriundos de outros estados do Nordeste do Brasil. Mais informações: http://inscricoesportoiracema.org.br/laboratorios/

Estatuto da ABDeC
A primeira pauta discutida em reunião foi sobre o estatuto da ABDeC. André Santos, atual Presidente, sugeriu que se inclua no estatuto um quesito sobre cargo vago na diretoria e como deverá ser ocupado. No momento, a Associação conta com um cargo de Diretor a ser ocupado, tendo em vista o desligamento da ex-diretora Cataria Doolan, que mudou de cidade. Sugeriram que façamos o convite diretamente a alguém.
Outras questões do estatuto serão discutidas e divulgadas no Fórum Audiovisual (por e-mail), para finalizarmos a atualização do novo estatuto.

Cine Natal:
André Santos relatou o processo do edital Cine Natal. No dia 06 de junho de 2017, houve uma reunião do setor para discutir os pontos do edital e um grupo levou a proposta para Dácio Galvão, Secretário de Cultura, na semana seguinte. O edital foi redigido e tivemos a informação de que havia sido entregue para a supervisão da Controladoria e Ancine no mês de OUTUBRO. O edital não foi publicado até hoje e tivemos mais um ano sem o mesmo. De 2013 para cá, houve dois anos sem a publicação.
O processo com a Funcarte é desgastante e pedimos a colaboração de todos para retomar esse processo. Precisamos nos articular e nos fazer presentes, pois estamos em ano de eleição e corremos o risco de não o ter mais uma vez.
André Santos retomará o contato com a Funcarte e tentará agendar uma reunião. A comissão definida para esse processo ficou com André, Babi Baracho e Paula Vanina.

Lei do Audiovisual
Esso Alencar falou sobre a ideia da classe se organizar para a criação de uma lei, ao invés de lutar, ano após ano, por um edital sem continuidade e que gera bastante desgaste para a classe. Dênia Cruz, Conselheira da atual gestão, contou sobre o diálogo já estabelecido com Nathália Bonavides, sobre o projeto de Lei, e disse que foi entregue uma minuta para ela. Dênia encaminhará a minuta para a ABDeC e vamos retomar essa pauta na próxima reunião, afim de montar o projeto com aporte jurídico e legislativo, e apresentar aos políticos. O GT definido para esse encaminhamento conta com Diógenes Nóbrega, Ianne Freire, Paula Vanina e Davi Revoredo.

Cine Fest RN
Reunimos informações sobre o novo festival. Porém, ainda não temos a informação sobre o financiamento do mesmo. No coquetel de abertura, não foi falado sobre isso. Convidamos os idealizadores do festival para a reunião, mas infelizmente não compareceram. Há um burburinho entre os realizadores acerca do festival e queremos alguns esclarecimentos antes do fim das inscrições. Um dos pontos discutidos foi a cópia em DCP, que os realizadores precisarão arcar, caso o filme seja selecionado pelo o festival. Concordamos que o festival precisa apoiar os realizadores selecionados e pagar o DCP das obras. Também gostaríamos de saber os nomes dos curadores com antecedência.
Com esses e outros pontos em discussão, o encaminhamento ficou para a ABDeC, que fará uma carta direta ao festival e divulgará no Fórum Audiovisual a resposta. Foi definido que a ABDeC não vai chancelar o festival.

Prodav 05/2016
Na última semana, divulgaram o resultado da Chamada Pública Prodav 05/2016, que contempla projetos de Longa e Serie para desenvolvimento de Roteiro. Uma produtora do RN teve projeto aprovado, a Pé na Estrada Filmes. Porém, ninguém tem conhecimento sobre ela e fizemos um levantamento de informações. A empresa foi aberta em 2015, e os sócios não residem no RN. A produtora pode ter sido criada para conseguir viabilizar projetos através das cotas do Nordeste. Como encaminhamento, Diana Coelho enviou o relato para o Fórum, e perguntou se alguém tem conhecimento sobre a produtora. Até agora ninguém sinalizou positivamente. Com isso em
vista, a ABDeC enviará um e-mail para a Ancine, solicitando investigação no caso, para sabermos se o caso se trata de uso indevido da cota.

Publicado em ABDeC

Assembleia Geral

Sem Título-2

A ABDeC/RN convoca integrantes do segmento audiovisual para participar da Assembleia Geral no dia 08 de março (quinta).

O primeiro momento será de informes. Em seguida, será realizada uma avaliação do último ano e discutidas as demandas do setor.

* Aberta à participação de associados e não associados que integram a cadeia produtiva do audiovisual.

Local: Sala do Estúdio de TV (Labcom – UFRN)
Horário: 19h

Publicado em ABDeC

ABD&C/RN promove debate sobre mercado audiovisual na 4ª Mostra de Cinema de Gostoso

Mostra Cinema Gostoso 2017

Cinema e praia, uma combinação inusitada, mas que vem gerando bons frutos em São Miguel do Gostoso, litoral norte do RN. Em sua 4ª Edição, a Mostra de Cinema de Gostoso teve início nesta sexta-feira (17) e conta com uma programação repleta de novidades do audiovisual nacional.

Com um total de 51 filmes selecionados e aptos a participarem, o evento ocorre até o próximo dia 21 de novembro e traz, ainda, documentários e ficções entre curtas e longa metragens. Para além de movimentar a circulação de filmes locais e de outros estados do Brasil, a mostra objetiva promover o contato da comunidade com o cinema, oportunizando a circulação de produtores e realizadores no município. A intenção dos organizadores visa contemplar a experiência cinematográfica em sua essência, com uma tela de 12x5m e som 5.1 sorround armados na Praia do Maceió, principal estrutura do evento, que terá também a Mostra Panorama e a Mostra Infantil no Centro de Cultura.

A Associação Brasileira de Documentaristas e Curta Metragistas do Rio Grande do Norte, marca presença na Mesa de Debate “Produção e Mercado Audiovisual no RN”, a ser realizada na segunda-feira (20) às 10h na Pousada dos Ponteiros, estarão presentes o Presidente  da entidade André Santos (Produtor e Diretor – Caboré Audiovisual), a vice-presidente Catarina Doolan (Produtora Executiva – Prisma Filmes/RN), a diretora Ianne Freire (Diretora/Pitching/Captação – Arribaçã Produções); e a conselheira Dênia Cruz (Diretora de “Leningrado – Linha 41”). A mesa trará uma discussão voltada a realização dos trabalhos audiovisuais no RN, tomando com base as experiências dos realizadores e os levantamentos de dados que demonstram crescimento nas produções locais. De acordo com a organização do evento será discutindo ainda, além da questão empresarial do mercado, “os desafios que existem em circulação e difusão para coletivos e associações, a inserção no mercado de trabalho na produção independente, notoriedades sobre captação de recursos e como vender o produto audiovisual em rodadas de negócio.”

Para mais detalhes sobre a programação completa do evento, acesse: http://www.mostradecinemadegostoso.com.br/2017/

Publicado em ABDeC

Cine Sol desenvolve programação voltada à sétima arte

Cine Sol Logo

Tem início nesta quarta-feira (08/11) a programação do Festival Cine Sol, parte do Festival Literário de Natal (FLIN), que acontece na Praça Augusto Severo, no bairro da Ribeira em Natal/RN. Os eventos preenchem o calendário de atividades do Natal em Natal, organizado pela Prefeitura.

São quatro dias de ações voltadas para o cinema local e nacional, contando com exibições de filmes de longa metragem e curta metragem selecionados entre documentários e ficções, além de momentos de debate com diretores das obras participantes do evento.

O Cine Sol pretende realizar o diálogo entre cinema e literatura, dando ênfase no cinema nordestino e promovendo exibições de filmes inéditos no estado do Rio Grande do Norte, com o objetivo de tornar o público e os realizadores locais principais participante desta iniciativa que visa fomentar o mercado audiovisual potiguar.

A ABD&C/RN se faz presente na programação desenvolvida pelo Goiamum Drops, na sexta-feira (10) às 9h, com o Painel “Panorama do Audiovisual Potiguar”, apresentado pela vice-presidente da entidade Catarina Doolan.

Todas atividades são gratuitas, para informações mais detalhadas acesse o blog da Funcarte no link (http://bit.ly/2zzavEE) ou confira a programação abaixo.

PROGRAMAÇÃO CINE SOL 2017:

Local: Praça Augusto Severo, Ribeira, Natal/RN

 QUARTA-FEIRA|08.11

Local: Tenda Moacy Cirne – Praça Augusto Severo, Ribeira, Natal/RN

19h00: Exibição do curta-metragem “Mar de Zila” |Ariane Mondo (29’)

19h30: Bate-papo com Ariane Mondo.

20h00: Exibição do longa-metragem “Torquato Neto Todas as Horas do Fim” |Marcus Fernando e Eduardo Ades (87’)

21h30: Bate-papo com Marcus Fernando.

 

QUINTA-FEIRA|09.11

Local: Tenda Moacy Cirne – Praça Augusto Severo, Ribeira, Natal/RN

19h00: Mesa Redonda “CINEMA: do roteiro ao mercado”, com João Falcão (RJ) | Mediação: Ruy Rocha.

20h00: Exibição de trechos do projeto “Todavia” | Herison Pedro (5’)

20h10: Exibição do curta-metragem “O Velho Rei” (9’) | “Doido Lelé” |Ceci Alves (17’)

20h45: Mesa Redonda “Representatividade Negra no Audiovisual” com Herison Pedro (RN), Ceci Alves (BA) e Milton Gonçalves (RJ) | Mediação: Gilson Rodrigues (RN)

 

SEXTA-FEIRA|10.11

Local: Tenda Moacy Cirne – Praça Augusto Severo, Ribeira, Natal/RN

9h: Goiamum Drops #3 – Seminário “OPORTUNIDADES DO MERCADO AUDIOVISUAL BRASILEIRO” Painel I– “Panorama do Audiovisual Potiguar” com Catarina Doolan/ABDeC

Painel II- “Planejamento de Projetos para TV: da Concepção e Criação até a Comercialização” com Roberto Martha (Produtor Executivo/Scriptonita Films)

Painel III – “O mercado de séries de ficção e as oportunidades de coprodução” com Luca Paiva (Showrunner/Scriptonita Films)

 

Local: Tenda Moacy Cirne – Praça Augusto Severo, Ribeira, Natal/RN

14h00: Exibição do Teaser do curta “A Parteira” | Catarina Doolan (1’21’’)

14h05: Exibição do Longa-Metragem “Como Nossos Pais” | Laís Bodanzky (102’)

15h50: Mesa Redonda “Protagonismo Feminino no Cinema” com Catarina Doolan (RN), Bárbara Cariry (CE), Carla Camurati (RJ) e Laís Bodansky (SP)|mediação: Dênia Cruz

19h:10: Exibição do curta-metragem “No Fim de Tudo” | Victor Ciríaco (14’)

19h30: Exibição do longa-metragem “Divinas Divas” | Leandra Leal (110’)

21h25 Bate-papo com Jane di Castro (Divinas Divas) e André Santos (No Fim de Tudo)

 

SÁBADO|11.11

Local: Tenda Moacy Cirne – Praça Augusto Severo, Ribeira, Natal/RN

10h00: Talk Show com a dubladora Taryn Szpilman (RJ) e canções do filme FROZEN.

14h00: Exibição do longa-metragem SAUDADE” | Paulo Caldas (78’)

15h35: Bate-papo com Paulo Caldas

16h10: Mesa Redonda “O Nordeste na Cena Contemporânea” com César Ferrário (RN), Zezita Matos (PB), Luiz Carlos Vasconcelos (PB) e Paulo Caldas (PE). Mediação: Durval Muniz (UFRN).

19h00: Exibição do curta-metragem “Leningrado, Linha 41” |Dênia Cruz (20’)

19h30: Bate-papo com Dênia Cruz

20h00: Lançamento do longa-metragem “Chapéu Estrelado” | Silvio Coutinho (90’)

21h30: Bate-Papo com Silvio Coutinho

22h00: HOMENAGEM AOS 30 ANOS DO FEST NATAL

Publicado em ABDeC
Sobre a ABDeC/RN
A ABDeC/RN - Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas do Rio Grande do Norte, filiada à ABD Nacional e sediada na cidade de Natal/RN, é uma entidade que congrega realizadores de obras audiovisuais residentes no RN.
Arquivos